A touca na natação









Utilizar uma touca de natação tem suas vantagens. Além de evitar o contato da água cheia de cloro com o cabelo, você mantém os fios longe do rosto e apresenta menos resistência ao nadar. Você também ajudará o proprietário da piscina a manter os filtros dela livres de fios. Então, a touca acaba sendo um importante acessório na prática da natação.

È bogagem achar que a touca vai impedir que se molhe o cabelo. Embora muita gente ache que essa é a principal função da touca, o primeiro paragrafo desse texto falou algumas vantagens de usar esse acessório na Natação.

A touca é importante para manter a higiene da água da piscina que, de regra, é de uso coletivo. Ninguém gostaria de engolir fios de cabelo de outra pessoa enquanto nada. Ela também atua para proporcionar uma melhor condição de movimentação da cabeça na respiração técnica dos nados, sem que os cabelos caiam sobre os olhos, boca ou nariz. Tanto as mulheres em geral como alunos com cabelos mais longos hão de me dar razão. Reparem apenas que esta ordem de importância derruba a tese de que homens de cabelos bem curtos estão dispensados da touca, pois higiene é para todos.

Mas qual é a melhor touca? Depende da situação em questão, do bolso do nadador e de sua capacidade de cuidar de seus equipamentos de aula.

Os principais tipos são de lycra, silicone (ambas em fotos abaixo) e látex.

As toucas de látex costumam ser as mais baratas, mas exigem muitos cuidados (lavagem em água doce e secagem com toalha e talco após as aulas). Fora isso, sua elasticidade segura bem os cabelos mais longos, mas em compensação a sua durabilidade é bem baixa, mesmo se o nadador for zeloso com ela: é preciso saber colocar e tirar, se não rasgam. Pelo seu baixo custo e por serem confeccionadas em tamanho único, são muito usadas como brindes em Festivais e, por tudo isso, ganham uma conotação quase que descartáveis.

As de lycra duram bem mais e exigem muito menos cuidados, mas não têm validade indefinida. Da mesma forma como maiôs e sungas feitas com este material, com dez a doze meses de uso no máximo, o cloro já degradou o elástico da borda e da própria lycra, tornando a peça inutilizável e exigindo uma nova. Pais de crianças nadadoras precisam ficar atentos para o momento da troca e para o fato de que muitas vezes elas são produzidas em tamanhos diferentes: dois (crianças e adultos), ou três (pequena, média e grande).

As de silicone são as mais duráveis (mais até do que as de lycra) e que exigem menos cuidados. Seriam as ideais se não fosse por um detalhe: o preço. Elas são as mais caras, podendo custar de R$ 12,00 (as mais baratas) até cerca de R$ 40,00. Produzidas normalmente em tamanho único como as de látex, são as mais coloridas e badaladas entre os nadadores.

Considerando todas essas vantagens e desvantagens, tenho orientado meus alunos a que utilizem preferencialmente lycra se forem crianças, e silicone se forem adolescentes ou adultos. Essa diretriz traz as melhores relações custo-benefício. Látex somente em último caso, se a toca tiver sido presenteada ou dada de brinde numa Competição ou Festival.

Publicado em 24/05/12 e revisado em 12/04/17


Comente:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.