4 exercícios de respiração na borda da piscina







Qualquer que seja o nível em natação, a respiração é um ponto técnico que é necessário aperfeiçoar. Uma boa respiração assegura uma boa posição na água e permite-lhe cansar-se menos. O aprendizado abrange duas etapas principais: a inspiração e a expiração. A inspiração deve ser muito rápida para afetar o menos possível a posição horizontal e o equilíbrio da natação. Consoante a natação, deve ocorrer lateralmente (crawl), à frente (borboleta, costas, peito). Para que a inspiração seja eficaz, é preciso já ter expulso profundamente todo o ar contido nos pulmões. A expiração é por conseguinte mais prolongada e profunda que a inspiração. Por último, a respiração deve ser obrigatoriamente coordenada com os movimentos dos braços e das pernas para assegurar a estabilidade da natação.


1. Faça a máxima inspiração (forçada) com a cabeça fora da água e a máxima expiração com a cabeça dentro da água. Repita ininterruptamente.


2. Com a cabeça fora da água, faça a inspiração no menor tempo possível. Depois, com a cabeça imersa, realize a expiração (forçada) no maior tempo possível.

3. Após realizar a máxima inspiração (forçada) com a cabeça fora da água, imergir a cabeça, prendendo a respiração o máximo que conseguir.


4. Com a cabeça fora da água, faça a máxima inspiração (forçada). Em seguida, expire em um canudinho com a outra ponta dele dentro da água.




Comente:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.